Uma virtualização de hardware sem a participação de terceiros

Indicações de virtualização codificadas como parte do kernel

A grande diferença entre os Servidores Privados Virtuais KVM e quase todos os outros servidores virtuais é a própria tecnologia de virtualização. Graças aos Servidores KVM, o servidor não requer um programa virtualizador adicional para ser executado- em vez disso as dicas de software que são precisas compilam-se dentro do SO da máquina anfitriã. Isto é uma abordagem que diminui notavelmente os recursos de hardware que têm de ser reservados pelo próprio servidor com o propósito de rodar programas adicionais e por sua vez faz com que esses recursos estejam disponíveis em benefício às máquinas guest. O fato de eliminar o tal estrato de comunicação estra acaba por reduzir o tempo de atraso de entrada/saída, aumentando efetivamente a celeridade do Servidor VPS.
Uma virtualização de hardware sem a participação de terceiros

Melhoria da eficiência dos recursos

Uso eficaz dos recursos do servidor

A fim de se encarregar da administração dos recursos as máquinas guest geralmente exigem um estrato complementário entre elas e a máquina host. O qual conduz a uma quantidade menor de recursos disponíveis para as máquinas de convidado. Graças aos KVM Virtual Private Servers elimina-se a camada adicional, como o método de virtualização compila-se no sistema operativo do servidor central. Desta forma, as capacidades com as quais conta o servidor físico estão livres para ser utilizadas pelos KVM VPS já configurados. A tal fonte de recursos oferece um prioridade muito importante para que os seus websites e aplicativos web cheguem a ser melhores do que os dos concorrentes.
Melhoria da eficiência dos recursos

Pleno controlo do sistema operacional

Liberdade absoluta para instalar qualquer sistema operacional que desejar

Uma das limitações dos Servidores VPS, frente aos servidores dedicados é o próprio sistema operacional – geralmente você está limitado às escolhas de SO oferecidas pelo seu provedor. Com um KVM Virtual Private Server, pois, será fácil pôr praticamente qualquer sistema operacional que é compatível com as especificações do seu servidor e do hardware do servidor principal. Uma configuração assim pode ser real levando na conta a maneira singular em que opera o método de virtualização KVM. KVM está integrado diretamente no SO do host, fazendo com que as máquinas de convidado mantenham a comunicação diretamente com e o hardware, quando não se precisa mais de uma camada adicional de comunicação, presente em vários outros sistemas de virtualização.
Pleno controlo do sistema operacional
  • Centro de Dados em EUA
  • Centro de Dados em EUA

    Steadfast, Chicago, IL